Tive muitos professores ao longo da minha vida. Começando com meus 12 e 13 ainda em Cabo Frio.
Com 16 anos de idade pegava uma viajem de ônibus de 3 horas até o Rio de Janeiro de 15 em 15 dias para ter aulas com professores mais conceituados. Anos depois essa busca continuou na Berklee, onde tive a oportunidade de ter dezenas de professores diferentes.
Ter a chance de escolher os professores era muito legal. Eu recebia um manual com o nome dos professores no início do semestre e então começava uma pesquisa sobre cada um deles. Eu ouvia gravações, videos, lia sobre os trabalhos realizados, enfim, eu queria ouvir como o professores soavam, pois eu queria ter aula com quem realmente conseguia fazer música.
Eu escrevo isso por uma questão muito simples.
Eu não acredito em um grande professor de música que não seja capaz de tocar de verdade. Existem grandes músicos que são péssimos professores, mas eu não conheço grandes professores que não tenham sido ou que sejam grandes músicos.
Os grandes mestres que eu tive soavam como mestres, mesmo que alguns deles eu ainda não era capaz de entender completamente a profundidade de seus trabalhos.
Isso é algo que precisa ser dito, porque já tive muitos professores que tinham o conhecimento teórico, mas que não tinham a capacidade de transformar este conhecimento em música de verdade. Sabiam tocar as notas certas, mas as notas viam sem dinâmica, sem expressão, sem o swing devido, com o timing irregular, sem sotaque. Não estou falando de coisas subjetivas como sentimento, pegada, mas de ferramentas musicais que não são tão claramente captadas na teoria.
Quando estas ferramentas não fazem parte do seu som elas também não farão parte do seu ensino, pois o professores, como musico, não conhece a importância destas ferramentas. São professores que ensinam o que tocar, mas faltam para eles a vivência real de como tocar e transformar tudo isso em música. Recentemente li a matéria sobre uma professora PHD em administração que leciona na USP e ensinava aos alunos sobre empreendedorismo, mas quando abriu sua empresa faliu em 6 meses, mesmo tendo seguido toda cartilha que ensinava.
Fica aqui a minha humilde opinião sobre o tema.

professor de musica.

0