Existe uma diferença significativa entre praticar e tocar e é necessário ter consciência de que são coisas diferentes e que cada uma destas atividades possui sua importância.
Quando você pratica em casa existe uma necessidade de explorar, continuar, pensar, errar, corrigir e seguir em frente, este é o laboratório.
Você não pratica sem objetivo, sem introspecção e sem passar por um processo penoso de analise. A prática é para isso, para pensar, para parar e ver o que não esta funcionando e, a cada dia, você inicia de onde parou ontem, até por isso é tão importante a continuidade na rotina de estudo. O estudo é um hábito, algo que precisa fazer parte da vida do músico.
Tocar, e quando eu digo tocar me refiro a uma apresentação onde você não tem o controle de simplesmente parar porque não esta curtindo, este é o momento onde você vai correr risco, mas não é o momento do laboratório.
O laboratório foi ontem na prática, hoje, o dia do show é a hora de colocar em prática o que foi fomentado, o que foi praticado, o que já existe, por mais que exista espaço para improvisar, para inovar, não será no show que você vai ficar pensando em como montar um acorde que você nunca pensou antes, não dá tempo, no palco você toca o que já sabe ou simplesmente reage com o que você tem.
A dica é…Pratique em casa, depois toque por ai e volte para casa para corrigir o que não esta dando certo.

praticar

0